Pet Salão

Todo carinho e atenção no
cuidado do seu pet.

Banhos terapêuticos,
remoção de nós,
tosas especializadas,
hidratação e muito mais.

Clínica 24 horas

Referência no atendimento
veterinário de média
e alta complexidade

Atendimento 24h, Consultas,
Exames, Internações e Cirurgias.

Onde estamos

Rua Dom Pedro II, 1241
Higienópolis – Porto Alegre/RS

Telefones:
(51) 3342-0828
(51) 3028-0430
Veja como chegar.

Novidades

Acompanhe aqui nossas
novidades e promoções.

Conversa ao pé do ouvido – Os cuidados com as orelhas de cães

By | Dicas & Curiosidades | No Comments

Acredito que muitos proprietários tenham dúvidas sobre a forma, frequência e produtos mais adequados para a limpeza das orelhas de seus cães. Diariamente sou questionada sobre esse tema no consultório, por isso resolvi escrever este texto com algumas dicas simples e explicações práticas de como limpar e cuidar das orelhas de cães.

Nos cães saudáveis o ideal é limparmos as orelhas uma vez por semana após o banho com uma gaze, algodão ou toalha úmida apenas na parte externa do pavilhão auricular, naquelas “dobrinhas” que são vistas externamente. Não devemos utilizar hastes de algodão ou pinças durante a limpeza, aos usarmos estes objetos podemos causar lesões e acabamos empurrando o cerúmen para o interior do conduto auditivo, com tempo ocorre a formação de“plugs”, que consistem na impactação do cerúmen. Estes “plugs” atrapalham a fisiologia do ouvido e geram inflamação, eles não são expulsos espontaneamente pelo organismo e precisam de intervenção de um veterinário para a retirada.

Outra técnica que não é indicada é o arrancar os pelos auriculares, quando o pelo é arrancado leva à inflamação local e consequentemente pode desencadear uma otite, além da dor ou desconforto provocado pelo procedimento. Se houverem muitos pelos o paciente deve ser levado ao veterinário, para se necessário realizar o corte desse excesso.

Quando inspecionamos as orelhas dos pets é normal observarmos um pouco de sujeira na porção externa, o que não é normal é a presença de secreção que drena para fora do ouvido, o que chamamos de otorréia. Normalmente a otorréia é um dos sinais da otite, que é a inflamação do conduto auditivo, os demais sintomas são dor, vermelhidão, mau cheiro, sacudir a cabeça ou coçar a orelha. Nestes casos o paciente precisa ser examinado por um médico veterinário, que irá diagnosticar o problema que está ocorrendo e a melhor forma de tratamento.

Alguns pacientes com doenças otológicas crônicas ou recidivantes necessitam de limpezas periódicas com produtos específicos, que são adjuvantes no tratamento da otite e em muitos casos previnem a recorrência da doença. A técnica ideal consiste em preencher o conduto com o ceruminolítico, massagear com delicadeza e limpar o excesso com algodão ou gaze. A escolha do ceruminolítico deve ser orientada pelo médico veterinário, pois existem produtos mais adequados para cada caso.

Com esses cuidados mantemos as orelhas de nossos pets saudáveis, limpas e bem cuidadas, prevenido doenças, melhorando a sua qualidade de vida e sua disposição para passeios, carinhos, brincadeiras, lambidas, corridas no parque, buracos na areia, cochilos no sofá e todas as delícias e alegrias que um cão nos proporciona.

assinatura_artigo_carin

destaque_loja_home

Produtos inovadores e diferenciados.

Alto padrão de qualidade, desde os alimentos Super Premium até brinquedos funcionais.

destaque_loja_home_fotos